Produção Textual Final


O Treinamento Adequado de Nacionais como Resposta Eficiente aos Desafios Missionários em Angola – Perspectivas Estratégicas para o Século XXI

Aluno:

Manzaila António Afonso

Banca examinadora:

1. Profa. Drª Antonia Leonora van der Meer (orientadora)
2. Profa. Ms. Analzira Pereira do Nascimento
3. Prof. Ms. Adalberto António Sukumula Chiquete
Data: 16 de dezembro de 2008

Resumo:

A presente pesquisa volta-se à análise das estratégias necessárias em Angola para o treinamento de missionários evangélicos nacionais no presente século, com o objetivo de eles atenderem positiva e efetivamente aos desafios missionários em seu país e a partir do seu país. Aliás, à luz das experiências históricas angolanas, bem como das ocorrências missionárias que vêm sendo observadas em outras nações meridionais, esta pesquisa concebe o treinamento adequado de obreiros nacionais como a resposta mais eficiente aos supracitados desafios, especialmente em Angola. Em busca desse treinamento adequado, apresenta-se, antes de tudo, o panorama atual da situação eclesiástica e missionária em Angola, o que não deixa dúvidas em relação às necessidades e aos desafios patentes neste país da África Austral. Mas esse diagnóstico panorâmico também ajuda a desvelar as soluções e as medidas que precisam ser tomadas para Angola e para a igreja evangélica angolana, mais especificamente no que diz respeito às estratégias corretas para a execução da nobre tarefa de treinamento. É neste âmbito que, na seqüência de suas discussões, a pesquisa propõe que o treinamento de nacionais angolanos seja levado a cabo dentro de uma perspectiva contextualizada, onde tanto a forma como o conteúdo do treinamento correspondam às realidades peculiares em torno da igreja angolana. Por outro lado, a pesquisa defende a necessidade de o referido treinamento adotar uma perspectiva amplamente participativa, onde todas as entidades evangélicas, individuais ou coletivas, angolanas ou estrangeiras, sejam bem-vindas para contribuir, de toda maneira possível, para o despontar e o preparo efetivo da força-tarefa missionária angolana. Se as perspectivas estratégicas ora abordadas forem adequadamente aplicadas em Angola, prevê-se que a tarefa de treinar nacionais logrará êxito ao ponto de fazer dos evangélicos angolanos uma benção missionária para os povos não-alcançados ou carentes do evangelho, seja em Angola, seja em qualquer outro lugar. Só então o treinamento poderá ser um verdadeiro aliado da causa missionária cristã.